VIOLAB

VOLTAR

Boris Gaquere em Fullerton

Horário a definir


Informações:

19 /// Junho

Fullerton - Califórnia

Local a definir

http://www.borisgaquere.com/concerts.php


Boris Gaquere

Boris Gaquere, violonista e compositor de Bruxelas (Bélgica) já tocou ao redor do mundo todo, e suas composições, produzidas por Les Productions d'Oz (Canada), GSP (California, USA) and Editions Lemoine (Paris, France), são tocadas e gravadas do Canadá ao Japão.

Boris já fez várias gravações, incluindo:

  • Xeque-Mate, com a participação de Odair Assad em algumas faixas.
  • Carpe Diem, um álbum barroco.
  • Tempo Feliz, com o percussionista brasileiro Renato Martins.
  • Dito Cujo, com o quarteto Caçamba (jazz instrumental brasileiro).
  • Comboio, um quarteto que mistura influências clássicas, mundiais e do jazz
  • Ele também participou do CD de Yasuji Ohagi e Sébastien Vachez.

"Eu não me lembro exatamente como eu decidi começar a tocar violão, mas quando eu tinhas uns 9 anos, meu pai sugeriu que eu meu irmão, Geoffrey, estudássemos música. Geoffrey ganhou um clarinete, e eu um violão clássico. Hoje em dia meu irmão é comediante e diretor no Canadá... mas não tente conversar com ele sobre sua experiência com a música!

A primeira vez que me passou pela cabeça ser um músico profissional foi quando escutei um show de Marc Ysaye no rádio, em 1990; Eu não podia acreditar no que estava ouvindo. Na época, as únicas gravações de violão que eu tinha eram umas poucas do Alexandre Lagoya que meu pai havia me dado. Mas o que veio aos meus ouvidos naquele dia foi... Led Zeppelin! Com o pouco dinheiro que eu tinha, fui comprar alguns álbuns deles e fiquei escutando suas músicas todos os dias durante anos! Eu ganhei uma guitarra e tentei descobrir o que eu tinha que fazer para me tornar um rock star...: continuar aprendendo violão clássico! Então, meu segundo 'choque musical' aconteceu quando conheci o Duo Assad em 1995. Coloquei meu Ibanez RG-750 de volta na capa e comecei a ser um 'violonista clássico'!"

  • Boris Gaquere

Biografia retirada do site oficial de Boris Gaquere: http://www.borisgaquere.com/

play